Bolsa bancos consome 42% do orçamento federal

By anacao - Last updated: Saturday, January 11, 2014

Bolsa bancos consome 900 bilhões

São cerca de dez vezes mais que o bolsa familia paga aos pobres brasileiros

E mesmo sendo um valor astronômico, imprensa brasileira não dá um pio. Mas e os diversos paladinos que falam mal do bolsa família, por que será que também não falam nesse absurdo? só tem uma explicação: “porque não passa nas tvs”, ai não tem como serem acionados. O que fica claro é que muitos tem linguá afiada para falar mal do chamado bolsa esmola, mas quando se trata de enfrentar os grandes, dai ninguém sabe de nada…

fonte: http://www.ecofinancas.com/noticias/divida-publica-cresce-controle

Filed in Política

Prisão de supostos mensaleiros

By anacao - Last updated: Wednesday, November 20, 2013

Prisão de supostos mensaleiros é atentado grave aos direitos civis no Brasil A prisão, em 15 de novembro, dos diversos acusados de fazerem parte de um suposto esquema de mensalão, trouxe um dos maiores prejuízos aos direitos no Brasil. A forma como foram presos, o dia – em feriado – com a violação do regime fechado/semi-aberto mostrou a nú a fragilidade com que nossa democracia pode ser abatida por qualquer um em cargo de Ministro de STF, como fez Joaquim Barbosa.

Ainda ha de considerar, que um dos que receberam ordem de prisão (Pizolatto) evadiu-se para a Italia, a fim de fazer ver ao mundo o absurdo tanto do julgamento sem provas quanto aos tramites do proprio julgamento da AP470.

Pois bem, passado o susto do povo brasileiro com essas ações autoritárias vindo do STF, voltemos a paz democratica que tanto buscamos, pondo fim a carreira dos tiranos que, travestidos de juízes, tornam-se algozes de seus adverários politicos, de forma que tornam-se não servidores da justiça, mas somente joguetes de forças escusas que atuam contra o Brasil.

 

Ernesto Pilotto Neto, jornalista e ativista dos direitos civis.

Filed in Política

Economia estagnada mas lucros dos capitalistas em alta

By anacao - Last updated: Thursday, July 25, 2013

A extrema cupidez do sistema financeiros internacional unida aos meta capitalistas continuam a trazer ruína ao mundo. Até quando sofreremos por causa de uma centena de exploradores?

Segue artigo do PCO

 

Impostos aumentam apesar da paralisia da economia

O peso principal recai sobre os trabalhadores enquanto os grandes capitalistas sugam o grosso dos recursos da sociedade. Somente a parasitária dívida pública consome mais de 45% do orçamento público federal

A Receita Federal divulgou recentemente que, em maio deste ano, a arrecadação foi de R$ 87,8 bilhões, o que representou um recorde para esse mês, com um crescimento de 5,8%.

O acumulado dos cinco primeiros meses do ano superou os R$ 458,3 bilhões, um pouco superior à arrecadação do mesmo período do ano passado.

De acordo com o secretário da Receita, Carlos Alberto Freitas Barreto, a expectativa é que este ano feche com um crescimento entre 3% e 3,5% na comparação com o ano passado, quando tinha sido batido recorde.

O gasto público primário, descontando os juros da dívida pública, aumentaram em 6% e as despesas de custeio subiram 16%.

Sendo que as desonerações somaram R$ 35 bilhões, como é possível que a arrecadação tenha aumentado? De maneira direta, em primeiro lugar, houveram R$ 3 bilhões relacionados com o pagamento de tributos relacionados com a abertura de capital da BB Seguridade, a divisão de seguros do Banco do Brasil. O PIS e a Cofins cresceram 6,5% na comparação com os primeiros cinco meses do ano passado, a receita previdenciária em 3,05%, o Imposto de Renda da Pessoa Jurídica em 2,9% e o da Pessoa Física em 4,41%. Esses percentuais chamam a atenção por não coincidirem com a paralisia econômica, o que se explica pelo aperto fiscal sobre as pequenas e médias empresas, o aumento dos produtos importados, que não tiveram isenções adicionais, e o aumento da massa salarial dos empregados formais.

A arrecadação de impostos mostra o caráter altamente usurário do regime burguês que direciona o grosso dos recursos para garantir os lucros dos capitalistas. Somente os serviços de pagamento da dívida pública consomem mais de 45% do orçamento público federal.

O grosso dos impostos pesam sobre os trabalhadores, pois oneram o consumo e o trabalho assalariado. As grandes empresas, além de pagarem impostos reduzidos e gozarem de incentivos, têm se beneficiado das isenções.

O “sonho” do estado barato é impossível de ser atingido sob o regime burguês que se vale do gigantesco aparato burocrático para controlar as massas trabalhadoras. Esse “sonho”, de fato, não é um sonho, mas se trata de uma realidade não somente possível, mas que representa a principal reivindicação do governo operário e camponês que deverá ser formado sob a base dos conselhos populares e da população armada, sob os escombros do estado burocrático e policialesco atual.

http://www.pco.org.br/economia/impostos-aumentam-apesar-da-paralisia-da-economia/aieo,j.html

Filed in Sociedade

Grupo unificado agora tem voz

By anacao - Last updated: Thursday, June 20, 2013

Surge pela internet um grupo que se diz porta voz dos objetivos dos manifestantes. Parece condensar grande parte dos pedidos das ruas

 

Por Ernesto Pilotto Neto, da Redação

 

Eles se declaram por vozes de um Frente, a Frente Federal, que busca a justiça social entre outras reivindicações, como tarifa zero ou passe livre para trabalhadores e estudantes, fim de desarmamentos e até das estradas mal feitas. O interessante no documento é a sua disposição em juntar as diversas solicitações em um único pedido, com 20 pontos:

 

O Governo se mostrou surdo ao longo dos meses de todas as reivindicações. As autoridades, deitadas em seu berço esplendido, não mais fizeram do que observar inertes o que aconteceria. E aconteceu.

Essas são as 20 reivindicações da Frente Federal:
1 – Passe Livre em todo país para trabalhadores e estudantes
2 – Tolerância Zero contra a corrupção (Leis mais rígidas)
3 – Estatização dos setores estratégicos do pais: energia, transporte, comunicação. Investigação profunda e rigorosa contra todas as Agencias Regulamentadoras, ANTT, ANEL etc.
4 – Proteção das liberdades civis, como o da legitima defesa, manifestação e fim de leis e campanhas que criminalizam o cidadão, como a do desarmamento e tolerância zero álcool.
5 – 15% do PIB em educação (+ Reformas)
6 – 10% do PIB em Saúde (+ Reformas)
7 – Fim da influencia religiosa nas leis e no país (como a bolsa estupro) fortalecimento do constitucionalismo e do estado laico.
8 – Fim do desarmamento do cidadão honesto, apoio no código penal a legitima defesa, rearmamento do cidadão de bem.
9 – Contra a Pec 37. Ministério publico mais forte e atuante.
10 – Qualidade nas rodovias, duplicação e segurança, com punição ao DNIT e seus fiscais pelo desserviço de décadas. Punição as concessionárias pelos atrasos nos contratos.
11 – Fim das lombadas e radares eletrônicos em todo pais, fim dos caça níqueis.
12 – Criação de Leis que garantam mais liberdade e proteção para o povo se manifestar, incluindo punição as autoridades que colocam fianças altas para presos políticos.

13 – Reforma Prisional. Mais cadeias e transformar todas as cadeias em “cadeias fábricas” ou “cadeias agrícolas”.
14 – Reforma Política completa, com voto facultativo.
15 – Reforma Penal. Apoio a legitima defesa, maioridade penal para 16 anos, maior punição para homicídios, estupros, roubos e espancamentos.
16 – Redução de gastos da Maquina Pública e seus gastos nos três poderes executivo, legislativo e judiciário. Redução das mordomias e auxílios.
17 – Reforma Tributária imediata, menos impostos para pequenas e medias empresas.
18 – Redução da burocracia e dos impostos ao consumidor, fim do imposto de renda para trabalhadores.
19 – Leis de regulamentação da Mídia, fiscalização rígida dos monopólios.
20 – Sistema de Metas para o Funcionalismo Público.”

E ainda, em outro link, “mensagem a esquerda” o grupo se diz decepcionado com a atuação do PT, onde fica bem claro que existem “partidarios de cartilha na mão, que enfraquecem a esquerda popular, e não ouvem o povo”.

Sua página pode ser encontrada em  www.frentefederal.org e no facebook  facebook.com/frentefederal

Filed in Sociedade

Regulamentar a mídia é uma necessidade constitucional

By anacao - Last updated: Thursday, May 30, 2013

Governar um país é manter a imprensa verdadeira informando ao povo. Esta certa a presidenta Cristina, e no Brasil, devemos ter leis que regulamentem nossa mídia, que ao fim, vive de extorsão contra governos, desde o municipal até o federal.

Queremos lembrar ao verbas bilionárias que os governos despejam para os principais veiculos de comunicação, como as redes de TV.

Enfim, controle da midia é questão legal, quem consegue governar com uma mídia que vive de subornos?

Nos EUA, como na Argentina, ou qualquer nação civilizada, existe sim a responsabilidade legal dos grandes meios de comunicação de manterem uma postura informativa, opinando também, mas que respondam legalmente por isso, como qualquer serviço prestado.

Autor: Ernesto Pilotto Neto

Filed in Sociedade

Falsos e não representativos movimentos sociais a abusar pela internet

By anacao - Last updated: Friday, May 24, 2013
Em vez de lutaram pela justiça, diversos ” movimentos sociais organizados pelos direitos da criança e do adolescente” sem representatividade nenhuma, nem dos jovens e nem da população, “estão preocupados com o crescimento das correntes que defendem a diminuição da maioridade penal no Brasil”.
A noticia é da TVT. E, ainda “Ontem, mais de 30 organizações se reuniram com parlamentares na comissão pública de seguridade social e família da Câmara dos Deputados, em Brasília. Eles apresentaram um estudo sobre as leis que tratam sobre o tema no congresso. São mais de mil e 500 projetos em tramitação. A maioria penaliza os menores”. Não é novidade que diversos movimentos sem representação nenhuma desejam passar a mão na cabeça dos menores marginais. Possivelmente por que estejam ou recebendo verbas de algum setor retrógrado do governo ou do próprio crime organizado que usa menores para perpetrar crimes e realizar o tráfico de drogas.
Em nossa opinião, esses movimentos devem tomar outros rumos e seguir a vontade popular, que é soberada.
Filed in Sociedade